Chocolate, castanha e gelatina podem estimular o herpes labial – Odonto NorteOdonto Norte Chocolate, castanha e gelatina podem estimular o herpes labial – Odonto Norte

Chocolate, castanha e gelatina podem estimular o herpes labial

Chocolate, castanha e gelatina podem estimular o herpes labial
janeiro 11th, 2016 | Notícias | Sem comentários

Chocolate, castanha e gelatina podem estimular o herpes labial

Alimentos como chocolate, castanhas e gelatina podem estimular o aparecimento do herpes labial. Quem afirma é o dermatologista Walmar Roncalli de Oliveira, do Ambulatório de Doenças Sexualmente Transmissíveis do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.  De acordo com o médico, esses alimentos são ricos em arginina, aminoácido essencial para a replicação viral.  E, quanto maior a ingestão de alimentos ricos em arginina, maior a chance de a pessoa desenvolver as incômodas lesões. “Mas isso não significa que se deve cortar esses alimentos de vez do cardápio, mas, sim, comê-los com moderação”, explica o médico.

Outros fatores já bem conhecidos como desencadeantes do herpes labial são consumo exagerado de bebida alcoólica, ansiedade, estresse, sol, noites mal dormidas, diarreia, febre e o período pré-menstrual. São situações que costumam reduzir a imunidade.

Além do já conhecido aciclovir, remédio que reduz o ciclo do vírus do herpes, Walmar informa que já está disponível nas farmácias de todo Brasil um medicamento à base de cloridato de lisina, que promete reduzir o número de recorrências do herpes, “além de aliviar os sintomas e o tempo de infecção, acelerando o processo de cicatrização”, afirma o médico.

A lisina também pode ser encontrada na proteína animal, laticínios, legumes, soja e levedo de cerveja. No entanto, é preciso consumir de 500 mg a 1,5 g da substância por dia durante um tempo prolongado para obter os benefícios citados acima. No caso da medicação, de acordo com a orientação médica, é preciso tomar comprimidos diariamente junto com as refeições para se reduzir a recorrência do herpes labial.

 

Deixe um comentário